fbpx
1
Habilidades do século 21

Você já ouviu falar em empreendedorismo infantil? Vamos descobri um pouco mais sobre essa área que impulsiona crianças e adolescentes a empreenderem desde cedo.

Nesse sentido, pais, escolas e responsáveis devem estar sempre atentos a essa tendência, pois ela é extremamente importante. Sabe por quê? É ela quem incentiva os pequenos a pensarem e agirem. Além disso, o empreendedorismo infantil promove o senso de responsabilidade nas crianças.

Às vezes é assustador pensar em crianças tão novas já sendo empreendedoras. Isso porque, muitas vezes nosso pensamento remete ao mundo corporativo que conhecemos e vivenciamos hoje em dia. Mas, o empreendedorismo infantil não tem nada a ver com isso. Aliás, vai muito além!

O Que É Empreendedorismo Infantil?

Antes de mais nada, o empreendedorismo infantil surge inicialmente como uma iniciativa para dar pequenos incentivos para que as crianças ampliem sua visão diante das situações que ocorrem em seu dia-a-dia. Para futuramente, promover mudanças dentro da cultura empreendedora do nosso país e do mundo.

Além disso, o empreendedorismo infantil auxilia no desenvolvimento de habilidades valorizadas no mercado de trabalho. Uma pesquisa recente mostra que o número de pessoas que abrem seu negócio no Brasil aumentou 44% nos últimos 10 anos. Existem vários exemplos de crianças que mostram que é possível introduzir esses assuntos no universo infantil.

Definitivamente, o empreendedorismo infantil é uma forma das crianças alcançarem os seus sonhos. Empreender incentiva a experimenta novas situações, mesmo que seja apenas em teoria.  Muitas vezes, a ideia é trazer essa teoria para a prática, e a prática para a realidade.

Qual o Cenário do Desenvolvimento dessa Habilidade no Brasil?

A princípio, ainda é preciso conhece real sentido dessa expressão por aqui. Para muitas pessoas, o empreendedorismo infantil é precoce. Mas, na verdade quanto mais cedo esse conceito for apresentado, mais dinheiro e tempo serão economizados.

Atualmente, no Brasil, ainda são poucas as escolas que oferecem discussões sobre esse tema. Contudo, é importante que o ensino tome seu lugar no processo de formação das crianças e adolescentes, introduzindo momentos didáticos que incentivem o aprendizado da educação financeira.

O ato de empreender não quer dizer necessariamente que a criança irá trabalhar, ao contrário do que muitas pessoas pensam. É essencial que instituições que formam crianças se posicionem e ampliem a visão de pais e alunos sobre o empreendedorismo infantil.

Qual o Papel dos Pais e Escolas ?

Antecipadamente, sabemos que o empreendedorismo infantil é essencial para diversas áreas da vida. Quando falamos em ser empreendedor e associamos esse termo à formação, o papel da escola é proporcionar as oportunidades para que as crianças explorem e aprendam que é possível tirar as ideias do papel e transformá-las em realidades.

Além disso, incentivar a buscar soluções para os problemas, autonomia, proatividade, planejamento, pesquisa, inovação e relações interpessoais. Bem como estar disposto a correr riscos e criar as melhores soluções para as diferentes questões que aparecerem nessa caminhada.

O papel dos pais está diretamente ligado à educação. É um grande desafio, mas não é impossível! Porém, a partir do momento que os responsáveis tomam a posição de educadores principais, fica mais fácil. Estar presente nesse processo de desenvolvimento é o grande papel dos pais, identificando as carências e dificuldades da criança. Bem como, fortalecendo a parceria com a escola ou instituição. Se você gostou do nosso artigo e acredita que o empreendedorismo infantil é importante no desenvolvimento das crianças, te convido a Conhecer a MBA Kids. Matricule seu filho e comece a investir no futuro do seu pequeno.

Comments ( 1 )

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *