fbpx

Qual o Momento Certo para Investir na Educação Financeira Infantil?

0
Habilidades do século 21

O Que É A Educação Financeira para Crianças?

No artigo de hoje, iremos falar sobre o momento certo para investir na educação financeira infantil.

Incluir a educação financeira na vida de crianças e adolescentes só traz benefícios. De forma que elas irão aprender a identificar valores, deveres e entenderão a importância do trabalho e como funcionam as responsabilidades dos pais ou responsáveis. Quando falamos sobre educação financeira infantil aqui na MBA Kids, entendemos que muitas pessoas ainda se assustam em relacionar dinheiro às crianças. Mas, acreditamos que esse tema deve ser inserido na educação infantil desde cedo. É claro que existem assuntos adequados para serem conversados com as crianças. Nesse sentido, assuntos como: valor, custo, economias são boas ideias para bons diálogos em família.

Quais são os suportes para ensinar Educação Financeira para crianças?

Pense dessa forma: quando iniciamos o processo de alfabetização de uma criança, não são entregues longos textos para que ela leia. Ao contrário, o foco fica em atividades menores e mais fáceis de serem compreendidas. Além disso, É essencial dialogar sobre assuntos que são corriqueiros. Investir na educação financeira deve ser da mesma forma. O ideal para garantir um aprendizado duradouro é trabalhar com alguns pilares e conforme o tempo da criança.

Quando começar com os ensinamentos de Educação Financeira?

Antes de mais nada, não existe um momento pré-definido para iniciar os ensinamentos financeiros de uma criança. Até porque, tudo vai depender do nível de desenvolvimento e do próprio interesse. Ainda mais, sempre é preciso analisar a sua capacidade de entender sobre o assunto. Dessa forma, quando esses índices forem analisados, ficará mais fácil iniciar conversas com temas adequados à compreensão de cada idade.

Frequentemente, ouvimos experiências de pais ou responsáveis que incentivaram a educação financeira durante o 3° e 4° ano da criança. Isso porque nessa idade, os questionamentos aparecem naturalmente. Da mesma forma, outras experiências com crianças de 6 e 7 anos se mostram ainda mais fáceis. Porque ela já está inserida em situações cotidianas que exigem o uso constante do dinheiro. Mas, não existe uma idade limite. Observe quando a criança estará pronta para ouvir e aprender sobre o assunto.

Como conversar sobre finanças com as crianças?

Parece complexo ensinar crianças sobre finanças. Porém, o uso de algumas táticas auxilia a apresentação desse novo mundo a elas. Ou seja, com a estratégia certa esse mundo se tornará interessante para elas.

 O que nós mais recomendamos são as metodologias mais lúdicas. Por exemplo: investir em jogos, brincadeiras, histórias e filmes são uma ótima ideia. Inclusive, temos um artigo sobre Jogos de Empreendedorismo Infantil para a Família que te ajudará. Dê uma passada pelo blog e aproveite também essa leitura.

Além disso, esses momentos lúdicos servem como um lazer em família. Então, aproveite para combinar diversão e união. Garantimos que é uma das melhores formas de inserção da educação financeira infantil.

Se você gostou da ideia de ter o seu filho motivado a aprender sobre educação financeira, valores, finanças ou negociações. Convido você a conhecer a nossa escola. Matricule seu filho na MBA Kids e comece a planejar o futuro do seu pequeno!

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *